Loading

Danos Morais e Materiais

Danos Morais e Materiais

Considera-se DANO MORAL quando uma pessoa se acha afetada em seu ânimo psíquico, moral e intelectual, seja por ofensa à sua honra, na sua privacidade, intimidade, imagem, nome ou em seu próprio corpo físico, e poderá estender-se ao dano patrimonial se a ofensa de alguma forma impedir ou dificultar atividade profissional da vítima.

O dano moral corresponderia às lesões sofridas pela pessoa humana, consistindo em violações de natureza não econômica. É quando um bem de ordem moral, como a honra, é maculado.

O dano pode ter natureza moral, material ou à imagem. A reparação do dano, pelo causador, é prevista na Constituição Federal de 1988, bem como no Código Civil Brasileiro e no Código de Defesa do Consumidor.

A principal diferença entre o DANO MORAL e DANO MATERIAL é que o DANO MORAL atinge o lado moral de um indivíduo, enquanto o DANO MATERIAL afeta o seu patrimônio.